ST 02 - Museus e Patrimônio no cenário de conquistas e resistências

Profa. Dra. Letícia Julião (UFMG) e Profa. Dra. Zita Possamai (UFRGS)

 

Os museus e a Museologia no Brasil inserem-se nos movimentos em prol da conservação e da valorização do patrimônio cultural, embora as instituições museológicas tenham inaugurado no século XIX as primeiras inciativas nesse sentido. Pode-se observar aproximações, tensões e convergências entre os itinerários museológicos e as políticas públicas voltadas ao patrimônio brasileiro. A partir de 1988 com a constituição cidadã, os princípios democráticos instituídos, tanto para a ampliação da definição de patrimônio, quanto para a noção de direito à memória dão destaque aos museus como lócus de reunião, de conservação, de pesquisa e de valorização dos traços do passado de sujeitos, de grupos e de temáticas até então excluídos desses espaços.  As políticas públicas específicas desse campo aprofundaram esse debate, assim como a busca de novos paradigmas epistemológicos para a Museologia e para as práticas museais incorporou a contribuição de outras disciplinas, dentre as quais a História. Se houve muito avanço em termos acadêmicos e de políticas públicas, ainda convivemos com perdas irreparáveis do nosso patrimônio cultural e com riscos de retrocessos. A partir dessas considerações, o Simpósio Temático pretende reunir trabalhos oriundos de investigações acadêmicas ou de reflexões que versem sobre as intersecções entre museus, Museologia e patrimônio cultural na perspectiva dos direitos alcançados nesse campo ao longo da história brasileira, bem como dos embates entre sujeitos e instituições que forjaram no tempo determinadas memórias sobre o passado, cuja efervescência continua a marcar o nosso presente.

CRONOGRAMA DE APRESENTAÇÕES DE TRABALHO

  • 05/08 (Terça-feira)

Sessão I - Museus de Cidade: memórias, coleções e educação

(14h às 16h)

Museu Casa da Cultura: um lugar de memória e ações educativas (Itaberaí – GO)

Rodrigo Lucio de Almeida (PROMEP/UEG)

 

Um historiador e seu museu- o colecionismo e a formação do Museu Armindo Lauffer em Três Coroas, RS.

Sandra Cristina Donner (PPGMUSPA/UFRGS)

Musealizando graffiti: telas e caixas de ressonância da periferia

Moacir Fagundes de Freitas (PROMESTRE/UFMG)
 

Possibilidades educativas em museus de cidade: uma contribuição para o ensino de história

Lucinei Pereira da Silva (PPGCI-UFMG)
 

Intervalo: 30 min

(16h30min.-18h)

 

Espaço dos Anjos: de colecionismo privado a museu público

Leonardo Gonçalves Ferreira (PPGCI/UFMG) e Letícia Julião (UFMG)

'O monumento será um poema de pedra': tensões sociais e possibilidades educativas em Caxias do Sul/RS

Itamar Ferretto Comarú (Pref. Caxias do Sul)


Museu Histórico da Cidade do Rio de Janeiro e a comunidade Vila Parque da Cidade: reflexões sobre o Museu, sua dimensão educativa e a relação com o entorno

Dayane Vieira da Silva (Pref. Itaboraí) e Cristina Carvalho (PUC Rio)

  • 06/08 (Quarta-feira)

 

Sessão II – Decolonialidade, Direitos e Apropriações 

(14h às 16h)


Decolonialidade, museus e Museologia: reflexões numa perspectiva historiográfica

Zita Rosane Possamai (UFRGS)

Museus para quem? Representações Sociais e Direitos fundamentais

Cibele D. Piva Ferrari (UNIVILLE) e Sandra Paschoal Leite de Camargo Guedes (UNIVILLE)

Etnografia de museus: apropriações e mediações do conhecimento sobre o patrimônio cultural em espaços de memória

Samuel Ayobami Akinruli (UFMG/INSOLD)
 

Catálogo Geral: patrimônio para conhecer o Brasil

Pedro Libanio Ribeiro de Carvalho (MAE/USP)

Intervalo: 30 min

(16h30min.-18h)

A memória e identidade negra nos museus de Recife e Olinda

Karolyne Mery de Oliveira (PPGH/UFRPE)

Vozes nos silêncios da exposição: a produção de audioguias para o Museu Imperial  

Jamile Silva e Rafael Albuquerque

A Reserva, a Vila e o Ecomuseu

Vilma Cristina Soutelo Assunção Noseda (PPGHS/PUC SP)

  • 07/08 (Quinta-feira)

 

Sessão III – Memórias, museus e patrimônios 

 

(14h-16h)

 

Musealizar sítios históricos: entre a identidade nacional e memórias traumáticas

Letícia Julião (UFMG)

Dopinho: entre evocar e apaga

Jacqueline Custódio (PPGMUSPA/UFRGS)

Memórias e patrimônios culturais no quadrilátero ferrífero

Camila Cristina de Lima Pimenta (PPGCI/UFMG)
 

As memórias registradas nos livros tombo do Museu do Colégio Mauá e a relação entre sujeito, instituição e musealidade

Angelita da Rosa (PPGEDU/UFRGS)
 

Intervalo: 30 min

(16h30min.-18h)

Museus judiciários e a construção de memórias

Adelson André Brüggemann, (TJSC)

“O engenho está de mudança!?”: A transferência de um edifício patrimonializado

Luciana Mendes dos Santos (PPGH/UDESC)
 

Os Boletins Informativos do MARGS: reflexões, memórias e historicidade

Adriana Aparecida Ganzer (PPGEDU/UFRGS)